Literatura, Resenhas

Resenha: Ser feliz é assim – Jennifer E. Smith

19 de janeiro de 2017
ser-feliz-e-assim

Andando por uma livraria de Santos há algum tempo, topei com um porquinho simpático, estampado numa capa colorida e me apaixonei. A história parecia ser fofa, não daquelas que vem para dar uma grande lição, mas daquelas que tiram a gente desse mundo cruel e nos transporta para um lugar só nosso. Resolvi dar uma chance ao porquinho e o levei para casa.

E foi dessa forma que conheci Ser feliz é assim, da Jennifer E. Smith.

Resenha: Ser feliz é assim, Jennifer E. Smith Um sensível romance da autora de a probabilidade estatística do amor à primeira vista.
Após Graham enviar, por engano, um e-mail para Ellie falando sobre seu porco de estimação Wilbur, nasce uma inesperada amizade virtual. Ele é um astro de cinema, e ela, uma menina simples que faz o possível para passar despercebida, tentando esconder um escândalo do passado. Sem nem saber o nome um do outro, eles começam uma correspondência virtual, compartilhando segredos, esperanças e medos. Quando surge a oportunidade de Graham filmar seu próximo filme na pequena cidade de Ellie, o relacionamento ganha contornos reais. Duas pessoas de mundos tão diferentes conseguirão ficar juntas?

Ser feliz é assim é muito fofo. Sério! A história se passa numa cidadezinha que, acompanhando a descrição, me lembrou muito White Rock, no Canadá. Deu uma saudade danada do dia que passei lá.

A Jennifer tem um jeitinho bem simples de retratar os acontecimentos, tornando a leitura fácil, mas nem por isso chata. Ela cativa e prende a atençao de uma maneira gostosa, que faz com que o tempo passe e a gente nem perceba (prova disso é que fui dormir cinco da manhã!). Mesmo com pouco, ela é feliz.

Também me chamou a atenção o fato de, assim como em Ao meu ídolo, com amor, o Graham ser um ator famoso. Achei bacana ler um pouco sobre o “colega de profissão do Bernardo”, embora as situações sejam diferentes e os desafios sejam outros.

Como citei mais pra cima, o livro não tem nenhuma lição de moral ou ensinamento para a vida. Ele tem uma leveza boa para nos fazer esquecer os problemas e relaxar a cabeça um pouco. Quem tiver interesse, a editora Galera Record disponibilizou o primeiro capítulo online.

Além de “Ser feliz é assim”, tem mais?

Jennifer E. Smith também escreveu A probabilidade estatística do amor à primeira vista, que parece ser muito bom. Alguém aí já leu? Coloquei na minha listinha já. Mas isso é só para daqui a algum tempo, quando eu terminar de ler os inúmeros livros que tenho aqui.

You Might Also Like

Nenhum comentário :(

Deixe seu recado