Blog

Olá, mundo!

15 de janeiro de 2016
ola mundo blog maria ana

Pensei em mudar o título desse post, mas ele caiu tão perfeitamente bem com o tema que resolvi deixar. Quem mexe direto com o WordPress sabe que o “Olá, mundo!” é aquela publicação que vem de exemplo, para termos uma ideia de onde e de como fica o texto. Apaguei tantas vezes esse post enquanto montava um blog aqui e um site ali, mas nunca prestei muita atenção nele. Até que hoje, enquanto reformulava o conceito e o visual do meu cantinho, percebi que era bem isso que eu queria dizer. Então olá, mundo!

Confesso que há muito tempo venho considerando recomeçar. O Mariana Pereira me acompanhou durante quase seis anos, começou bem capenguinha, foi melhorando. Coisa que acontece com quem se aventura com blog, né? A gente sabe que quer ter um, que quer escrever, mas chega uma hora que bate aquela temida pergunta: e agora, o que eu faço com isso aqui? Fiquei meses com isso cutucando minha cabeça, olhava para o blog planner e não sabia mais o que fazer com ele. Ficava semanas sem atualizar, mesmo com o calendário editorial pronto, só esperando eu sentar e escrever. Mas quem disse que dava vontade? Um dia parei, olhei, pensei e decidi que era a hora de mudar.

Tá, bacana, mas e aí? O que aconteceu com o blog?

Aconteceu, caros leitores, que eu fiquei semanas – semanas! – no Pinterest tentando desbravar os cantos mais profundos da minha criatividade, pensando em como eu queria esse blog, como ele tinha que ser. O que eu falaria? Por quê? Como eu me policiaria para não cair de novo na mesma rotina da blogosfera e, não menos importante, qual seria a identidade visual dele? A primeira coisa que concluí foi que eu amo profissionais dessa área. Sério. Nunca penei tanto na minha vida quanto na hora de montar a logo do meu blog.

O nome não me tomou muito tempo, já que eu vinha brincando com ele na minha cabeça, mas o resto… foram dias de muita tortura e indecisão. Eu sabia que eu queria uma fonte no estilo handwriting. Pensei em algo com aquarela e penei com tutoriais que achei em blogs perdidos na internet. Não deu certo. Deixei numa cor só mesmo. Mas estava tão sem graça, tão sozinha, pedindo uma cor. Mas qual cor? Qual desenho, tamanho, formato, motivo, razão, circunstância? Aos 45 minutos do segundo tempo, achei uma coroa bonitinha, que não deixava a fonte mais pesada do que ela já era, taquei ali, mudei aqui e pronto. Numa cor que eu gosto, com um douradinho básico e discreta. Foi. Ficou assim, gostei e é o que temos.

Como comentei do nome, ele não foi tão difícil. Maria Ana seria a tradução literal de Mary-Ann, uma das maneiras que eu vi meu nome sendo escrito no Canadá. Também lembro da Araya, baixinha que cuidei no meu período de Au Pair, brincar com o pai dela. Ele tentava ensiná-la a falar Mariana, então começava “Mariii…” e ela gritava “Ana!”. Além disso, mostra bem a junção dos nomes que compõem Mariana e é o contrário de Ana Maria, protagonista de Ao meu ídolo, com amor. Não tinha como não ficar legal, né?

Ainda preciso arrumar umas coisinhas aqui e ali, mas estou tão feliz com o resultado da nova cara do blog que quis compartilhar logo. Então olá, mundo, muito prazer. Esse é o Maria Ana! Aproveitem muito e voltem sempre! ♥

You Might Also Like

2 Comentários

  • Reply Mariana Maia 20 de janeiro de 2016 at 11:47

    Quando era pequena, as vezes, fazia essa separação Maria Ana. Acho que toda Mariana já fez algum dia hehehe Tá lindo o seu cantinho, Mari. Bjos! 🙂

    • Reply Mariana Pereira 24 de janeiro de 2016 at 14:11

      Amém, Senhor! Não sou a única. HAHAHAHAHA
      Beijão, Mari. Obrigada pela visita! ♥

    Deixe seu recado