Pets

5 razões para amar a Zee.Dog

23 de setembro de 2016
14188608_1138549862886256_1506292870149267870_o

Não consigo me lembrar quando foi a primeira vez que me deparei com um produto da Zee.Dog, se foi pela internet, no Pet Vida ou em algum quiosque de shopping. Só sei que foi amor à primeira vista e, desde então, fico babando no site deles.

Quem me conhece sabe que eu sou louca pelo meu Shih Tzu, que trato mesmo como filho. Sei que tem gente que não entende, que acha isso too much, que acha absurdo e vem com aquele papo de “por que não faz isso por uma criança?”. Não vou entrar nesse mérito, mas quem quiser debater, meu e-mail tá aberto para batermos um papo sobre isso.
>> Continue lendo

Literatura, Resenhas

Resenha: A lista de Brett – Lori Nelson Spielman

16 de setembro de 2016
lista de brett

Um pouco antes da Bienal do Livro de São Paulo, dei uma volta na Fnac da Avenida Paulista e fiquei interessada pela sinopse de A lista de Brett (Versus). Foi o primeiro livro que eu li da Lori Nelson Spielman e sempre rola aquela expectativa, né? Mas se tem algo que eu já posso adiantar é: não me decepcionei.

Fazendo uma pequena e rápida análise, achei o jeito que a Lori escreve bem fácil de ler. E isso é ótimo. Nada pior do que aquele livro que você enrosca o tempo todo e não entende o que o autor queria dizer (espero nunca ser um deles!). Terminei a leitura toda bem rápido, acho que levei dois dias. 😃

Resenha: A lista de BrettBrett Bohlinger parece ter tudo na vida – um ótimo emprego como executiva de publicidade, um namorado lindo e um loft moderno e espaçoso. Até que sua adorada mãe morre e deixa no testamento uma ordem: para receber sua parte na gorda herança, Brett precisa completar a lista de sonhos que escreveu quando era uma ingênua adolescente.
Deprimida e de luto, Brett não consegue entender a decisão de sua mãe. Seus desejos adolescentes não têm nada a ver com suas ambições de agora, aos trinta e quatro anos. Alguns itens da lista exigiriam que ela reinventasse sua vida inteira. Outros parecem mesmo impossíveis. Com relutância, Brett embarca numa jornada emocionante em busca de seus sonhos de adolescência.

>> Continue lendo

Literatura

Bienal do Livro de São Paulo 2016

13 de setembro de 2016
Bienal do Livro de São Paulo 2016

Antes de mais nada: temos geladeira! 🎉 Cheguei a comentar brevemente no post do Apêzinho 73 que não sabíamos quando a bendita chegaria e tal. Mas chegou e rolou até comemoração no Instagram! Foi muita emoção, sério!

Mas o post de hoje é só amor, sobre o evento que eu espero ansiosamente todos os anos, seja como autora ou leitora. Dia 28/08 foi minha tarde de autógrafos na Bienal do Livro de São Paulo, no stand da Universo dos Livros. É sempre uma delícia participar, apesar de eu nunca saber como agir e nem o que dizer quando me pedem um autógrafo.
>> Continue lendo

Decoração

O apêzinho 73

14 de agosto de 2016
O apêzinho 73

Eu. Me. Mudei. Para. O. Meu. Apartamento!

Essa era uma das frases que eu – literalmente – contava os segundos para dizer. Depois de cinco meses de tortura intensos, finalmente tenho meu apartamento, com as minhas chaves, com o meu cachorro ❤ e do jeito que eu tanto queria. Sem me sentir constantemente uma intrusa, sem ter que limpar a sujeira dos outros e sem ter que aguentar nenhum desaforo. Agora é home, sweet home!

Eu sonhava tanto com esse momento que passei a seguir vários perfis de decoração no Instagram. Eu sabia que estava me mudando para um apartamento alugado, que não poderia fazer muitas coisas, mas tinha uma ideia do que dava para mudar. Um papel de parede aqui, uma pinturinha ali, um móvei, dois, três e… me dei conta que não, não dá!

>> Continue lendo

Freebies

Freebie: lista de compras para mercado

14 de julho de 2016
Freebie: Lista de compras para mercado

Primeiramente: oi! 😎
Segundamente: voltei!

Estou viva, apenas tentando me adaptar à essa realidade estranha (e absurdamente fria, depois absurdamente quente) de São Paulo. Como eu tinha mencionado no post sobre looks para o trabalho, vim morar aqui nessa cidade enorme pra fazer parte do Nubank. Isso há quatro meses, hehehe. Nesse meio tempo, muita coisa aconteceu, dentre elas o meu lado doméstico ter aflorado ao ponto de eu começar a questionar as listas de compras. Mas já falo sobre isso, porque antes quero só deixar uma coisa aqui, para fins de recordação mesmo. O auge desses cinco meses:

Sandy-E-Fernanda-Lima-E-Bruno-Garcia

Dona Fernanda Lima liberou nossa entrada no Superstar, arranjou para vermos a Sandy e eu não acredito até agora. Depois a Taís e eu fomos ao teatro ver nosso tão amado Bruno Garcia, que está em cartaz com O Livro de Tatiana no Teatro Porto Seguro. Obrigada, de nada! 💖

>> Continue lendo

Blog

O que eu te desejo no Dia de São Valentim

14 de fevereiro de 2016
o que eu te desejo no dia de sao valentim

Hoje é o famoso Valentine’s Day, ou Dia de São Valentim, que muita gente acha que é a mesma coisa que o nosso Dia dos Namorados, mas não é. É mais do que isso. Hoje é dia de celebrar o amor, minha gente! E, embora as coisas estejam corridas por aqui, eu quero fazer os meus votos e deixar registrado o que eu te desejo no dia de São Valentim.

O Dia de São Valentim é uma data especial e comemorativa, na qual se celebra a união amorosa entre casais e namorados. Em alguns lugares é o dia de demonstrar afeição entre amigos e familiares. Em Portugal e em Angola, assim como em muitos outros países, comemora-se no dia 14 de Fevereiro. No Brasil a data é comemorada no dia 12 de junho, véspera do dia de Santo António de Lisboa, conhecido pela fama de “Santo Casamenteiro”.

E para ilustrar o meu post de Dia de São Valentim, escolhi uma música toda mimimi, que estou ouvindo há dias. Aperta o play no vídeo abaixo e vem comigo.


>> Continue lendo

Literatura, Resenhas

Resenha: Como eu era antes de você – Jojo Moyes

8 de fevereiro de 2016
Resenha Como Eu Era Antes de Voce

Por mais vergonhoso que seja admitir, há tempos que eu não parava para realmente ler um livro. Sim, desses com capa, contra capa, orelha, capítulos impressos naquela folha com cheiro único. Estava passeando por fanfics no Whattpad, lendo um pouco aqui, outro pouco ali, escrevendo meus livros, mas sem dedicar longas horas a uma obra só. E eu não vou mentir, o livro estava guardado no fundo do armário e eu só corri atrás dele depois de ver isso:

Eu achei o trailer tão fofo e tão mimimi que não tive dúvidas: pulei na estante e peguei o livro. E levei menos de 24h para ler Como eu era antes de você, de Jojo Moyes, mas estou levando dias para não chorar cada vez que vejo qualquer coisa que esteja relacionada, seja com o livro ou com o filme.

Resenha: Como eu era antes de você – Jojo MoyesAos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe. Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Tudo parece pequeno e sem graça para ele, que sabe exatamente como dar um fim a esse sentimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro. Como eu era antes de você é uma história de amor e uma história de família, mas acima de tudo é uma história sobre a coragem e o esforço necessários para retomar a vida quando tudo parece acabado.

>> Continue lendo

Blog

5 dicas para quem quer fugir do Carnaval

5 de fevereiro de 2016
5 dicas para quem quer fugir do Carnaval

Sabe quando eu descobri que eu não tinha nascido no país certo? Quando passei o período de Carnaval fora do Brasil. Gente, que sossego, que paz, que tranquilidade, que lindo ver o povo indo trabalhar, ao invés daquela muvuca toda empatando o desenvolvimento do país. E foi aí que eu entendi que não, eu não gosto do Carnaval (me julguem!). Não gosto de viajar no Carnaval, porque tudo tá cheio, tudo é absurdamente caro. Não gosto de ir em festas de Carnaval, porque é muita bagunça, muita falta de respeito, muita sujeira. E eu sei que não sou a única, então eu fiz uma lista com 5 dicas para quem quer fugir do Carnaval, que começa no dia 9 de fevereiro.

1. Dar um jeito naquela pilha de livros

Não faz essa cara de inocente, porque eu sei – e você também – que aqueles livros que você comprou nos últimos meses estão lá, encostados, juntando poeira. Todo mundo deve ter aí uns dois ou três dias de folga e já tá bom para começar a diminuir essa montanha que está se formando e que não tinha muita expectativa de virar um montinho. Aproveite que a galera toda vai pra gandaia, vai chapar o côco e se joga no samba dessas histórias incríveis que você tá quase colecionando.

E se você não tiver um livrinho maneiro para ler, posso indicar o meu: Ao meu ídolo, com amor. Boatos dizem que é incrível e que a galera fica viciada na história.

2. Colocar os seriados em dia

Se você é daqueles que, além de livro, coleciona seriados, aproveite o Carnaval para assistir os episódios atrasados. Também dá para pegar aquelas séries mais curtas (super recomendo Cuckoo e The Fall) e fazer maratonas delas. Nada melhor que um episodio novinho, um copo de Coca-Cola e uma panela de brigadeiro para fugir da bagunça.

>> Continue lendo

Literatura, Resenhas

A Mediadora: Proposal e Remembrance

2 de fevereiro de 2016
A Mediadora Proposal e Remembrance

Uma coisa importante e que todo mundo precisa saber sobre mim: eu amo a Meg Cabot. Depois de Harry Potter, da J.K. Rowling, os livros que mais me seguraram foram os dela e, entre tantos que a Meg já escreveu, tem uma série que eu amo de paixão: A Mediadora.

Os livros falam sobre a vida de Suzannah Simon, uma “profissional” que ajuda os mortos a fazerem a passagem para o céu, inferno, seja lá para onde vão todas as pessoas que morrem. Para o desespero de Suze, alguns simplesmente ficam vagando e causando problemas, e sobra para ela interferir e despachar o fantasma para o lado de lá. Por isso, para ela, a pior coisa que pode acontecer é entrar num prédio velho, porque sempre tem fantasmas lá. É claro que, como nossa mediadora não tem lá muita sorte, sua mãe e seu padrasto resolvem morar numa casa bonita, mas muito antiga. E é lá que ela conhece o Jesse, o fantasma bonitão (e charmoso, sexy, gostoso, simpático…), com quem ela passa a dividir o quarto.

Oficialmente, Meg Cabot escreveu seis livros da série A Mediadora, sendo o último lançado em 2004. Faz tempo, eu sei. Mas ainda assim, guardo os livros e a história pertinho do coração, porque eu realmente me envolvi e mergulhei no mundo da Suzannah e do Jesse. O sentimento estava adormecidinho, até que a Meg resolveu matar todo mundo do coração e lançar o sétimo livro.

A new book in the Mediator series is on the way next year! (These are the gorgeous covers for the Portuguese books.)

Posted by Meg Cabot on Wednesday, January 7, 2015

Não o suficiente, para manter os fãs entretidos e ainda mais ansiosos, Meg lançou o que ela chamou de A Mediadora 6.5. “Proposal é um livro digital de 100 páginas que eu escrevi para preencher os dois anos que antecedem as ações em Remembrance. Eu escrevi porque, depois que entreguei Remembrance, minha editora disse ‘eu amei! Mas eu queria que você mostrasse a parte que ele a pede em casamento'”, disse Meg em seu site.

As prévias (em inglês) de Proposal e Remembrance foram colocadas no Wattapad. Eu comecei a ler, já morrendo de amores e fiquei doidinha. Como o primeiro saiu dia 19 de janeiro, já consegui ler os 12 capítulos.
>> Continue lendo

Freebies

Freebie: blog planners gratuitos para 2016

30 de janeiro de 2016
Blog planners gratuitos para 2016

Antes de dar uma de louca e tirar os posts antigos do ar, eu tinha começado uma série de postagens mensais com blog planners. Como a vida tende a ficar um pouco atribulada nas próximas semanas, fiquei com medo de não conseguir dar continuidade ao projeto e deixar vocês na mão. Então tive a ideia de compartilhar alguns blog planners que já estão disponíveis para o ano todo. Enquanto isso, vou aproveitar minhas duas últimas semanas de férias e tentar fazer alguns bem legais, cheios de muito carinho e boas vibrações para postar aqui. Mas se não ser, pelo menos vocês já tem alguns de garantia.

Nesse ano, eu escolhi o que a Camila, do blog Não me mande flores, disponibilizou. Ele é uma graça, bem simples e com espaço suficiente para as minhas anotações. Já deixei impresso para os próximos meses e já estou com posts definidos até abril. além disso, já deixei anotadas as principais datas comemorativas de 2016, para não perder nenhuma.

Planner-Mensal-2016-1-JAN comp1

Ela também montou planners semanais, para quem faz um acompanhamento mais detalhado do dia-a-dia. O download é gratuito e é só clicar aqui para baixar.
>> Continue lendo