Freebies

Freebie: roteiro mágico para novos autores

25 de novembro de 2016
freebie-roteiro-magico-para-novos-autores

Uma coisa que eu aprendi com a literatura: tudo nessa vida precisa de um roteiro. Fato.

Quando terminei meu primeiro livro, Ao meu ídolo, com amor, uma das coisas que me assombraram na época era o depois. Eu tinha medo de ficar só naquele livro, de nunca mais escrever nada legal, de não conseguir sequer escrever uma sequência para a história.

Durante a divulgação, algumas pessoas me perguntaram como eu fazia para manter tudo organizado, se tinha um roteiro, quanto tempo eu levei para escrever, como funcionava isso ou aquilo. E ainda me perguntam. Uma vez, o filho da minha professora de português da quinta série (!) quis saber quanto tempo eu levei para terminar de escrever. Quando falei mais ou menos o processo, ele virou pra ela disse “tá vendo, mãe? Você devia escrever um livro também”. Olha a responsabilidade e a honra. Eu servindo de “exemplo” para uma das mulheres que me ensinaram a amar a arte da escrita.

Já cheguei a comentar algumas vezes que não foi um processo fácil. Montei um roteiro, escrevi 290 páginas, não gostei, apaguei e comecei do zero. Quando a história não flui, o jeito é tentar ir por outro caminho ou, no mínimo, esfriar a cabeça. Conseguir uma boa editora também não foi uma coisa simples, quebrei a cabeça, gastei uma grana lascada fazendo publicação independente. Hoje colho os frutos do processo todo, com certeza, mas não foi sempre assim. Então, já que eu teria perrengues depois de escrever, pensei em maneiras de fazer com que a produção do meu lado fosse mais tranquila.

Sou hiper detalhista, principalmente com datas. Gosto de tudo devidamente cronometrado, por isso saio anotando até as horas, se for preciso. A primeira coisa que fiz foi sair em busca de eBooks pela Amazon (porque eu simplesmente sou a louca dos eBooks e compro de 10 por vez!). Encontrei o Nine Day Novel: Writing Fiction: How to Structure and Write Your Fiction Novel Faster, do Steve Windsor, que eu acho que só tem em inglês. A proposta dele era montar um roteiro e escrever um livro em nove dias. NO-VE DIAS! Coisa que eu, até então, tinha demorado DOIS ANOS. Enfim, li o e-Book, aprendi algumas coisas novas. E lá fui eu, mudar toda a estrutura daquele roteiro que, até então, tinha sido perfeito. Pelo menos era o que eu achava.

>> Continue lendo

Música

Música: playlist #MariaAna

23 de outubro de 2016
musica-playlist

Domingão de pé quebrado, sem poder fazer muita coisa. Resolvo fazer o quê? Uma playlist!

Sempre gostei muito de música, até cheguei a fazer aulas de teclado quando era mais nova (me arrependo de não ter continuado, só para registrar!). Claro que, naquela época, eu ia porque meus pais me obrigavam. Mas aprender de fato a tocar, está entre as coisas que eu ainda quero fazer na vida. A música é engraçada. Ela fala por você, ela te emociona, ela provoca sentimentos extremos. Minha criatividade é movida a música. Se estou escrevendo um livro, tem uma playlist rolando no fundo. Aliás, meus livros tem uma música de tema. Ao meu ídolo, com amor, por exemplo, traz Enchanted, da Taylor Swift, logo nas primeiras páginas. E é óbvio que eu choro toda vez que escuto, né?

Nesses últimos dias, dando aquela fuçada básica no Spotify, encontrei a tal Daily Mix que eles fazem. É uma playlist infinita, que toca as músicas que eles acham que mais combina com você. Essa seleção é feita com base no que você costuma ouvir, no que você salvou, os artistas que você segue. E eu achei muito legal, principalmente porque, muitos dos artistas que tem na minha playlist, eu não ouviria porque não conheço. E são muito legais.

Comecei a salvar essas músicas, porque vai passando e eu quero ouvir a próxima, mas depois quero ouvir de novo. Então acabei, sem querer, criando minha própria playlist. E, como sou boazinha (hehehe!), resolvi compartilhar.

>> Continue lendo

Literatura, Resenhas

Resenha: A Rainha Vermelha – Victoria Aveyard

9 de outubro de 2016
Resenha: A Rainha Vermelha

Se me perguntarem qual o nível de paixão que eu tenho por personagens com poderes, não sei dizer bem. Mas a capa de A Rainha Vermelha, toda prateada e em alto relevo, me ganhou com facilidade. E foi assim que acabei com o livro de Victoria Aveyard na minha sacola da Bienal do Livro.

Claro que nem tudo são flores e, se você está pensando em ler essa trilogia, se prepare: o primeiro livro é muito – muito!wannabe Jogos Vorazes (Suzanne Collins). Tanto que eu pensei várias vezes em desistir. Ao longo da história, eu me deparei com mais situações que já tinham sido vividas por Katniss Everdeen. Então se você tem um problema com esse tipo de “situação”, não gaste suas economias. Mas se tá tranquilo, manda ver!

Resenha: A Rainha Vermelha - Victoria Aveyard O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses.
Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso… Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho? Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe — e Mare contra seu próprio coração.

>> Continue lendo

Tecnologia

3 apps que você precisa ter no seu celular

28 de setembro de 2016
3 apps que você precisa ter no seu celular

Eu sou meio ratinha de tecnologia, então vivo experimentando novos aplicativos por aí. Mas sempre tem aqueles que, por mais que a gente fuce sem parar, não dá pra viver sem. Dei uma olhada no meu celular e fiz um Top 3 de apps que eu uso diariamente.

Antes, deixa eu apresentar o meu bichinho: estou usando, atualmente, o Moto G4 Plus. Como meu iPhone 6 foi roubado por um malandro, pilantra, safado mocinho que provavelmente precisava dele mais do que eu 😠, cheguei à triste conclusão que não dá para ter iPhone no Brasil. Primeiro pelo preço, segundo pela insegurança. Mesmo que eu trouxesse um de fora, todo o trabalho de ter arranjado alguém pra trazer, pagar relativamente caro, seriam destruídos se eu saísse com ele na rua. Então o Moto G4 Plus pareceu uma boa ideia (apesar de ser Android).

E é com ele que eu to sobrevivendo, sempre agarradinha aos meus 3 apps favoritos. 💖

>> Continue lendo

Pets

5 razões para amar a Zee.Dog

23 de setembro de 2016
5 razões para amar a Zee.Dog

Não consigo me lembrar quando foi a primeira vez que me deparei com um produto da Zee.Dog, se foi pela internet, no Pet Vida ou em algum quiosque de shopping. Só sei que foi amor à primeira vista e, desde então, fico babando no site deles.

Quem me conhece sabe que eu sou louca pelo meu Shih Tzu, que trato mesmo como filho. Sei que tem gente que não entende, que acha isso too much, que acha absurdo e vem com aquele papo de “por que não faz isso por uma criança?”. Não vou entrar nesse mérito, mas quem quiser debater, meu e-mail tá aberto para batermos um papo sobre isso.

>> Continue lendo

Literatura, Resenhas

Resenha: A lista de Brett – Lori Nelson Spielman

16 de setembro de 2016
Lista de Brett

Um pouco antes da Bienal do Livro de São Paulo, dei uma volta na Fnac da Avenida Paulista e fiquei interessada pela sinopse de A lista de Brett (Versus). Foi o primeiro livro que eu li da Lori Nelson Spielman e sempre rola aquela expectativa, né? Mas se tem algo que eu já posso adiantar é: não me decepcionei.

Fazendo uma pequena e rápida análise, achei o jeito que a Lori escreve bem fácil de ler. E isso é ótimo. Nada pior do que aquele livro que você enrosca o tempo todo e não entende o que o autor queria dizer (espero nunca ser um deles!). Terminei a leitura toda bem rápido, acho que levei dois dias. 😃

Resenha: A lista de BrettBrett Bohlinger parece ter tudo na vida – um ótimo emprego como executiva de publicidade, um namorado lindo e um loft moderno e espaçoso. Até que sua adorada mãe morre e deixa no testamento uma ordem: para receber sua parte na gorda herança, Brett precisa completar a lista de sonhos que escreveu quando era uma ingênua adolescente.
Deprimida e de luto, Brett não consegue entender a decisão de sua mãe. Seus desejos adolescentes não têm nada a ver com suas ambições de agora, aos trinta e quatro anos. Alguns itens da lista exigiriam que ela reinventasse sua vida inteira. Outros parecem mesmo impossíveis. Com relutância, Brett embarca numa jornada emocionante em busca de seus sonhos de adolescência.

>> Continue lendo

Literatura

Bienal do Livro de São Paulo 2016

13 de setembro de 2016
Bienal do Livro de São Paulo 2016

Antes de mais nada: temos geladeira! 🎉 Cheguei a comentar brevemente no post do Apêzinho 73 que não sabíamos quando a bendita chegaria e tal. Mas chegou e rolou até comemoração no Instagram! Foi muita emoção, sério!

Mas o post de hoje é só amor, sobre o evento que eu espero ansiosamente todos os anos, seja como autora ou leitora. Dia 28/08 foi minha tarde de autógrafos na Bienal do Livro de São Paulo, no stand da Universo dos Livros. É sempre uma delícia participar, apesar de eu nunca saber como agir e nem o que dizer quando me pedem um autógrafo.
>> Continue lendo

Decoração

O apêzinho 73

14 de agosto de 2016
O apêzinho 73

Eu. Me. Mudei. Para. O. Meu. Apartamento!

Essa era uma das frases que eu – literalmente – contava os segundos para dizer. Depois de cinco meses de tortura intensos, finalmente tenho meu apartamento, com as minhas chaves, com o meu cachorro ❤ e do jeito que eu tanto queria. Sem me sentir constantemente uma intrusa, sem ter que limpar a sujeira dos outros e sem ter que aguentar nenhum desaforo. Agora é home, sweet home!

Eu sonhava tanto com esse momento que passei a seguir vários perfis de decoração no Instagram. Eu sabia que estava me mudando para um apartamento alugado, que não poderia fazer muitas coisas, mas tinha uma ideia do que dava para mudar. Um papel de parede aqui, uma pinturinha ali, um móvei, dois, três e… me dei conta que não, não dá!

>> Continue lendo

Freebies

Freebie: lista de compras para mercado

14 de julho de 2016
Freebie: Lista de compras para mercado

Primeiramente: oi! 😎
Segundamente: voltei!

Estou viva, apenas tentando me adaptar à essa realidade estranha (e absurdamente fria, depois absurdamente quente) de São Paulo. Como eu tinha mencionado no post sobre looks para o trabalho, vim morar aqui nessa cidade enorme pra fazer parte do Nubank. Isso há quatro meses, hehehe. Nesse meio tempo, muita coisa aconteceu, dentre elas o meu lado doméstico ter aflorado ao ponto de eu começar a questionar as listas de compras. Mas já falo sobre isso, porque antes quero só deixar uma coisa aqui, para fins de recordação mesmo. O auge desses cinco meses:

Sandy-E-Fernanda-Lima-E-Bruno-Garcia

Dona Fernanda Lima liberou nossa entrada no Superstar, arranjou para vermos a Sandy e eu não acredito até agora. Depois a Taís e eu fomos ao teatro ver nosso tão amado Bruno Garcia, que está em cartaz com O Livro de Tatiana no Teatro Porto Seguro. Obrigada, de nada! 💖

>> Continue lendo

Blog

O que eu te desejo no Dia de São Valentim

14 de fevereiro de 2016
o que eu te desejo no dia de sao valentim

Hoje é o famoso Valentine’s Day, ou Dia de São Valentim, que muita gente acha que é a mesma coisa que o nosso Dia dos Namorados, mas não é. É mais do que isso. Hoje é dia de celebrar o amor, minha gente! E, embora as coisas estejam corridas por aqui, eu quero fazer os meus votos e deixar registrado o que eu te desejo no dia de São Valentim.

O Dia de São Valentim é uma data especial e comemorativa, na qual se celebra a união amorosa entre casais e namorados. Em alguns lugares é o dia de demonstrar afeição entre amigos e familiares. Em Portugal e em Angola, assim como em muitos outros países, comemora-se no dia 14 de Fevereiro. No Brasil a data é comemorada no dia 12 de junho, véspera do dia de Santo António de Lisboa, conhecido pela fama de “Santo Casamenteiro”.

E para ilustrar o meu post de Dia de São Valentim, escolhi uma música toda mimimi, que estou ouvindo há dias. Aperta o play no vídeo abaixo e vem comigo.


>> Continue lendo